- Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Jurídicas 09/02/2019

TJRS instalará quatro varas criminais no Foro Central I

Prédio abrigará unidades transferidas de Foros Regionais(Foto: Eduardo Nichele)

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul instala nesta segunda-feira (11/2) quatro varas criminais no Foro Central I, na Rua Márcio Veras Vidor, 10, Bairro Praia de Belas. Tratam-se da 3ª, 13ª 14ª e 15ª varas criminais da Comarca de Porto Alegre. A instalação contará com a presença do Presidente do TJRS, Desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, da Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Denise Oliveira Cezar, e do Diretor em substituição do Foro da Comarca da Capital, Juiz de Direito Antonio Carlos Antunes do Nascimento e Silva, entre outras autoridades.

Anteriormente, essas varas situavam-se em foros regionais da Capital: a 3ª Vara Criminal advém da Vara Criminal e Jecrim do Foro Regional da Restinga; a 13ª origina-se da 1ª Vara Criminal do Foro Regional do Sarandi; a 14ª Vara Criminal e Juizado do Torcedor e Grandes Eventos era a 2ª Vara Criminal e Jecrim do Foro Regional do Sarandi; e a 15ª ocupa o lugar da Vara Criminal e Jecrim do Foro Regional do 4º Distrito.

As transferências das varas criminais seguem determinação do Conselho da Magistratura (COMAG) do Tribunal de Justiça. A concentração da jurisdição criminal no Foro Central I busca  oferecer mais segurança aos operadores do Direito, pois os Foros Regionais são considerados mais vulneráveis, bem como racionalizar as rotas da Susepe no transporte de presos para as audiências e reduzir o índice de frustração de audiências pela não-apresentação de réus presos.

A primeira transferência, ocorrida em 19 de novembro passado, envolveu a Vara Criminal do Foro Regional do Alto Petrópolis, que passou a ser a  16ª Vara Criminal da Comarca de Porto Alegre, no Foro Central I.

 

 

 

 

 

EXPEDIENTETexto: Carlos Alberto Machado de SouzaAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tj.rs.gov.br 

Publicação em 08/02/2019 13:08Esta notícia foi acessada 366 vezes.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do do Rio Grande do Sul

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP