Álcool ao volante - Condenado por homicídio terá que indenizar vítima em R$ 20 mil e prestar serviço à sociedade por 2 anos - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Álcool ao volante - Condenado por homicídio terá que indenizar vítima em R$ 20 mil e prestar serviço à sociedade por 2 anos

Jurídicas 13/04/2019
Álcool ao volante - Condenado por homicídio terá que indenizar vítima em R$ 20 mil e prestar serviço à sociedade por 2 anos
Acusado de dirigir um Fiat Uno embriagado e causar o acidente, em julho de 2014, que matou Jonata Farias do Nascimento e provocou lesões em Adriana Souza Lima, José Luiz Oliveira da Silva foi condenado pelo Tribunal do Júri da 1ª Vara Criminal de Araguaína por homicídio culposo e terá que pagar R$ 20 mil em indenização à família da vítima fatal. A determinação é do o juiz Francisco Vieira Filho, ao acolher a decisão do Conselho de Sentença, que desclassificou a conduta do réu de dolosa para culposa.
Ao fazer a dosimetria, o juiz condenou Silva a dois anos, quatro meses e 24 dias de detenção em regime aberto, período no qual terá que prestar serviços à comunidade e estará com a carteira de habilitação suspensa. Segundo entendimento do juiz, ele confessou espontaneamente os crimes, incluindo aí o de embriaguez ao volante e o de lesão corporal. “Não vejo a presença de fundamento para decretar a prisão do acusado. É que ele está em liberdade, compareceu a todos os atos processuais e não houve qualquer inovação no quadro fático a recomendar sua prisão neste momento”, explicou. 
De acordo com os autos do processo, o mecânico José Luiz Oliveira da Silva, mesmo sob a influência de bebida alcoólica, conduziu seu veículo na contramão, com faróis altos e em velocidade superior à permitida, no perímetro urbano da BR-153, em Araguaína, e acabou colidindo de frente com a motocicleta onde estavam Jonata Farias do Nascimento e Adriana Sousa Lima.
Confira a sentença.
Texto: Natália Rezende / Foto: Divulgação
Comunicação TJTO

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP