Setembro Amarelo - Pílulas poéticas como antídoto à depressão - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Setembro Amarelo - Pílulas poéticas como antídoto à depressão

Jurídicas 11/09/2019
Setembro Amarelo - Pílulas poéticas como antídoto à depressão
A campanha Setembro Amarelo tem o intuito de conscientizar as pessoas que o suicídio pode ser evitado, promover a saúde mental e dar destaque aos centros que oferecem ajuda para quem precisa. O mês foi escolhido em razão do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, celebrado anualmente no dia 10 de setembro.
E é no intuito de motivar e inspirar pessoas por meio das palavras, que a segunda reportagem da série de três matérias especiais destaca a história de superação da depressão de Rafaella Carvalho, servidora do Tribunal de Justiça do Tocantins, que, entre outros pontos importantes, revela ser necessário entender que o dom de viver é maior, e que é possível compartilhar diariamente centelhas de esperança na vida.
Em seus textos, Rafaella demonstra que, mesmo diante de uma a rotina de trabalho, se faz necessário ter doses extras de empatia para cuidar dos outros. Ao lançar ao mundo pílulas diárias de inspiração e motivação cotidianas, ela aconselha que ainda há motivos para acreditar na vida, mesmo diante de momentos não tão agradáveis.
A servidora revela que precisou se refugiar na escrita para enfrentar o período complicado. “Foi a forma que eu encontrei, em meio a tanta dor, de ver o quanto a vida é maravilhosa e que vale a pena continuar. Que a esperança é a centelha que não deixa sua fé se apagar e alimenta o amor que existe em sua alma.”
Pílulas da reflexão
“Eu comecei escrevendo pra mim mesma, como uma válvula de escape, uma forma de acreditar que eu sobreviveria à depressão. Depois de um pouco de coragem, comecei a postar em minhas redes sociais. E, pensando na correria do dia a dia, surgiu as Pílulas da Rafa, como uma maneira de me comunicar diariamente com meus amigos do Whatsapp”, lembra Rafaella.
“São textos que procuram mostrar as pessoas o poder que existe dentro de nós, e que o amor é resposta para acessarmos as infinitas possibilidades que a vida nos oferece para sermos felizes. E eu sei o quanto é difícil superar uma dor e vencer uma depressão. Mas eu também sei que não é impossível. E é essa certeza que me move a escrever todos os dias.”
Secretaria executiva da presidência do TJTO, Ana Berenice de Aguiar se considera uma consumidora assídua das pílulas diárias da escritora. “O nosso dia a dia nos consome tanto. Há dias tão difíceis que, quando recebo algo dela, penso que foi escrito especificamente para mim. E paro para refletir, repensar, parar de reclamar e aprender a gerir os problemas com leveza e colocar a gratidão em prática.”
Para Rafaella, observar os seus textos alcançando e mudando a vida de pessoas é maravilhoso.  “O retorno me emociona muito. Logo percebi que não podia parar, porque as pessoas se identificavam com meus textos e todos os dias alguém me responde dizendo o quanto essas palavras foram importantes pra elas.”
Viver vale a pena
Na manhã desta terça-feira (10/9), Rafaella entregou o livro de poemas “Viver vale a pena”, para o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador Helvécio Maia. A ideia do livro surgiu depois que os textos da Rafaella foram compartilhados pelos amigos da Divisão de Projetos e Gestão de Contratos da Diretoria de Gestão de Pessoas do TJTO (Digep), e as poesias ganharam o mundo, alcançando e ajudando outras pessoas. “A poesia é um refrigério da alma, fico feliz que nossa servidora tenha encontrado nas letras o caminho para superar o problema e hoje é uma fonte de inspiração pra todos”, ressaltou o desembargador, ao receber o livro com a dedicatória.
“É um livro em que exponho os textos que escrevi durante a luta pela minha própria vida. E os voluntários abraçaram a causa com sorriso nos olhos e sem fins lucrativos, com a intenção de ajudar outras pessoas a não se demitirem da vida”, revela Rafaella, que já havia entregue ao presidente do TJTO um exemplar do livro Coletânea Poética Poesia Inédita 2019, que teve um texto, de sua autoria, selecionado entre 870 trabalhos inscritos no País para integrar a coletânea. 
Procure ajuda pelo canal CVV e saiba mais sobre a campanha Setembro Amarelo.
Texto: Natália Rezende / Fotos: Rondinelli Ribeiro.
Comunicação TJTO
 





Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP