98 famílias de Sítio Novo são beneficiadas com título de propriedade urbana, dentro do acordo de regularização fundiária com o Judiciário - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

98 famílias de Sítio Novo são beneficiadas com título de propriedade urbana, dentro do acordo de regularização fundiária com o Judiciário

Jurídicas 22/02/2021
98 famílias de Sítio Novo são beneficiadas com título de propriedade urbana, dentro do acordo de regularização fundiária com o Judiciário
O Acordo de Cooperação de Regularização Fundiária, firmado entre o Poder Judiciário tocantinense e os municípios, resultou em mais uma entrega de títulos de propriedade urbana, desta vez aos moradores de Sitio Novo, no interior do Estado. A ação, realizada nesta última sexta-feira (19/02), beneficiou 98 famílias, que receberam os títulos de Legitimação Fundiária devidamente registrados.
Os títulos foram cedidos às famílias por servidores municipais, que de casa em casa realizaram a entrega, com observação aos protocolos de segurança, em razão da Covid-19. A ação faz parte ainda do programa "Legítimo Dono, Sítio Novo Regularizado", que promove o processo de regularização fundiária local.
As entregas dos títulos de regularização fundiária urbana fazem parte de parceria firmada entre as prefeituras dos municípios e o Núcleo de Prevenção e Regularização Fundiária (Nupref), órgão da Corregedoria-Geral da Justiça, que tem intuito de prevenir conflitos fundiários não judicializados e promover a regularização de áreas rurais e urbanas em todo o Estado.
Nupref
O Núcleo de Prevenção e Regularização Fundiária foi criado pela Corregedoria-Geral da Justiça do Tocantins com a missão de impulsionar a regularização fundiária rural e urbana em todo o Estado. Com o papel de orientar, colaborar e intermediar, o Tribunal de Justiça realiza um trabalho de humanização, com foco na sociedade tocantinense, na dignidade da pessoa humana e na cidadania.
 
Texto: Rosimeire Alves Sousa / Fotos: Divulgação
Comunicação TJTO




Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP