Thompson Flores toma posse como presidente do TRF4 amanhã (23/6) - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Thompson Flores toma posse como presidente do TRF4 amanhã (23/6)

Jurídicas 23/06/2017
Thompson Flores toma posse como presidente do TRF4 amanhã (23/6)
Thompson Flores toma posse como presidente do TRF4 amanhã (23/6)

22/06/2017 17:23:01

Desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz
Desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz
Desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz


A nova Administração do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) toma posse nesta sexta-feira (23/6), às 15h, em Porto Alegre. O desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz assume a presidência. A desembargadora federal Maria de Fátima Freitas Labarrère será empossada como vice-presidente e o desembargador federal Ricardo Teixeira do Valle Pereira como corregedor regional da Justiça Federal da 4ª Região. Os magistrados serão responsáveis pela gestão do tribunal durante o biênio 2017-2019.  A cerimônia acontece no Plenário do TRF4.

O futuro presidente do TRF4 ressalta como um dos principais objetivos da gestão a agilização ainda maior dos julgamentos dos processos. Thompson Flores lembra que o TRF4 é conhecido pela qualidade do processo eletrônico, o eproc, uma das ferramentas que garante mais rapidez na análise das ações. Capacitado para enfrentar a crescente demanda processual, o TRF4 também é o responsável pelo julgamento das ações de segundo grau referentes à Operação Lava Jato.  “Nosso objetivo é o fortalecimento do papel do Poder Judiciário na sociedade”, salienta o desembargador.

O TRF4 atua em ações que envolvem o Estado brasileiro, seja a própria União ou autarquias, fundações e empresas públicas. Os cinco tribunais regionais federais são responsáveis por julgar recursos contra decisões de primeira instância, mandados de segurança contra ato de juiz federal, ações rescisórias, revisões criminais e conflitos de competência. A 4ª Região é composta pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz (presidente)

O desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz é natural de Porto Alegre e tem 54 anos. Graduou-se em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), de São Leopoldo, em 1985. Quatro anos depois, tomou posse como procurador da República, sendo promovido a procurador-chefe da Procuradoria Regional da República da 4ª Região em 1996. Thompson Flores tornou-se desembargador federal em 2001, assumindo vaga do quinto constitucional destinada ao Ministério Público.

Nos 16 anos de TRF4, Thompson presidiu comissões examinadoras de dois concursos para juiz federal substituto. Foi titular do Conselho de Administração do TRF4 entre 2009 e 2011. Exerceu a direção da Escola da Magistratura (Emagis) do TRF4 entre 2013 e 2015. Presidiu a 3ª Turma, especializada em Direito Administrativo, Cível e Comercial, entre 2011 e 2015. Desde 2015, é vice-presidente do tribunal.

De família tradicional de juristas, neto do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Thompson Flores, o novo presidente do TRF4 também se destaca pela  produção intelectual de trabalhos e artigos em diversas áreas do Direito.

Maria de Fátima Freitas Labarrère (vice-presidente)

Natural de Dom Pedrito (RS), a desembargadora federal Maria de Fátima Freitas Labarrère tem 61 anos. É formada em Direito pela Universidade de Brasília (UnB), instituição na qual também concluiu curso de especialização em Direito Processual Civil. Foi servidora do extinto Tribunal Federal de Recursos entre 1981 e 1987, ano em que assumiu o cargo de procuradora da República, em Brasília. Em 1990, ingressou na magistratura federal, tendo atuado nas Subseções Judiciárias de Joinville (SC) e Porto Alegre. Foi vice-diretora do Foro da JF do RS em 1995. Em 1997, foi promovida para o cargo de desembargadora do tribunal. Entre 2003 e 2005, foi conselheira da Escola da Magistratura (Emagis). Presidiu a 7ª Turma do tribunal, especializada em Direito Penal, e integrou o Conselho de Administração do TRF entre 2005 e 2007. No biênio 2007-2009, foi corregedora regional da Justiça Federal da 4ª Região. De 2009 a 2011, integrou a composição do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do RS como suplente, voltando à corte eleitoral como titular entre 2013 e 2015. De 2011 a 2013, foi coordenadora dos Juizados Especiais Federais da 4ª Região.

Ricardo Teixeira do Valle Pereira (corregedor regional)

O desembargador Ricardo Teixeira do Valle Pereira é natural de Florianópolis e tem 53 anos. Formou-se na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc) em 1986, tendo obtido o título de mestre em Ciências Jurídicas pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali) em 2004. Exerceu o cargo de promotor de Justiça no Estado de Santa Catarina de 1986 até 1993, quando ingressou na magistratura federal. De 1999 a 2000, foi diretor do Foro da Seção Judiciária de SC. Participou, entre 2002 e 2004, da primeira composição da Turma Recursal catarinense e da Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais (JEFs). O desembargador também atuou no Tribunal Regional Eleitoral de SC, na vaga de juiz federal. Promovido ao TRF4 em 2006, Valle Pereira foi Ouvidor da corte de 2011 a 2013 e integrou o Conselho de Administração do tribunal entre 2013 e 2015. De 2015 até este ano, foi o vice-coordenador dos JEFs da Região Sul.







Fonte: Tribunal Regional Federal da 4ª Região

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP