TJRS inaugurará foros nas comarcas de Tapejara e Faxinal do SoturnoForo da Comarca de Tapejara será inaugurado no dia 11(Divulgação Comarca de Tapejara) - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

TJRS inaugurará foros nas comarcas de Tapejara e Faxinal do SoturnoForo da Comarca de Tapejara será inaugurado no dia 11(Divulgação Comarca de Tapejara)

Jurídicas 06/12/2019
TJRS inaugurará foros nas comarcas de Tapejara e Faxinal do SoturnoForo da Comarca de Tapejara será inaugurado no dia 11(Divulgação Comarca de Tapejara)

TJRS inaugurará foros nas comarcas de Tapejara e Faxinal do SoturnoForo da Comarca de Tapejara será inaugurado no dia 11(Divulgação Comarca de Tapejara)

Na quarta-feira (11/12) e na quinta-feira (12/12), o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul inaugurará os novos prédios dos foros das comarcas de Tapejara (região Nordeste) e Faxinal do Soturno (região Central). O Presidente do TJRS, Desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, e a Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Denise Oliveira Cezar, estarão presentes. O Juiz-Assessor da Presidência Ricardo Bernd também deve acompanhar a agenda. O Foro de Tapejara tem área de 1.630,26 m², distribuídos em três pavimentos, mais um subsolo com estacionamento. A edificação tem capacidade inicial para instalação de duas varas e conta com salão do júri, sala de videoconferência, sala de depoimento especial, área de convivência, copas nos cartórios e sanitários públicos e privativos. A prédio tem acessibilidade, com elevador e sanitário PCD. O mobiliário instalado no local é todo novo. A climatização conta com ar condicionado central. O novo foro foi concebido com ações sustentáveis, como cobertura vegetal (telhado verde), reaproveitamento de água e iluminação natural e possui também itens de segurança, como estacionamento privativo para a Susepe e cela. 

Foro da Comarca de Faxinal do Soturno será inaugurado no dia 12(Foto: Divulgação Foro de Faxinal do Soturno)

O Foro de Faxinal do Soturno tem área de 1.394,05 m², em três pavimentos. A capacidade inicial é para instalação de duas varas. Dispõe de salão do júri, sala de videoconferência, sala de depoimento especial, área de convivência, copas nos cartórios e sanitários públicos e privativos. A edificação é acessível, com elevador e sanitário PCD.  O mobiliário instalado no prédio é novo. A climatização é do tipo VRF (ar condicionado central). Ações sustentáveis, como cobertura vegetal (telhado verde), reaproveitamento de água e iluminação natural fazem parte do prédio.

EXPEDIENTETexto: Carlos Alberto Machado de SouzaAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tj.rs.gov.br 

Publicação em 05/12/2019 18:25Esta notícia foi acessada 60 vezes.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do do Rio Grande do Sul

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP