Papel ocupado pelas mulheres no mercado de trabalho é destaque no Jornada - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Papel ocupado pelas mulheres no mercado de trabalho é destaque no Jornada

Jurídicas 02/07/2019
Papel ocupado pelas mulheres no mercado de trabalho é destaque no Jornada
(Ter, 02 Jul 2019 13:35:00)

O quinto episódio da primeira temporada do Jornada já está disponível no canal oficial do TST no YouTube. Essa edição destaca o crescimento da participação feminina no mercado de trabalho formal. Já são 45% dos postos de trabalho ocupados por mulheres no Brasil. Apesar de todos os avanços, o programa mostra que ainda não há motivos para comemorar. Em relação aos cargos de chefia nas empresas, as mulheres ainda são minoria, mesmo representando quase 52% da população do País.

A ministra do TST Maria Cristina Peduzzi, uma das entrevistadas, enumera todas as garantias trazidas pela Constituição da República de 1988 para combater a discriminação por motivo de gênero. “O artigo 7º possui dispositivos que asseguram a plena igualdade de remuneração e de oportunidades de trabalho”, enfatiza a ministra. Tânia Fontenele, professora da Universidade de Brasília (UnB), lembra que a tripla jornada de trabalho é algo ainda sacrificante para muitas mulheres que buscam postos profissionais mais altos.

A equipe do Jornada também ouviu o relato de uma dona de oficina mecânica voltada para o público feminino. A vontade de abrir o negócio surgiu após vários dissabores em estabelecimentos comandados por homens. “Depois que fui enganada em uma oficina, comecei a estudar e conversar com outras pessoas até começar a trabalhar”, diz a empresária. O programa bate um papo com a especialista em moda Glória Kalil e com a cofundadora do Nubank, Cristina Junqueira, dois exemplos de mulheres bem-sucedidas em suas profissões. São apresentados, ainda, depoimentos de mulheres que sofreram discriminação no trabalho, além de estatísticas que comprovam aumento da presença feminina nas diversas áreas de atuação profissional.

Novo Jornada

O Jornada está de volta e de cara nova. Utilizando-se de uma linguagem mais moderna, o programa foi pensado para a realidade da internet, com comunicação ágil e mais interatividade. Cada edição terá no máximo dez minutos e os vídeos serão postados no canal oficial do TST no YouTube. A cada 15 dias, um tema de relevância no universo trabalhista será abordado sob diversos ângulos, extraindo informação de todos os personagens envolvidos no assunto.

Além das edições temáticas, outra novidade é a exibição por temporadas. A primeira começou com o programa sobre assédio moral no ambiente de trabalho, seguido do episódio que trata da atuação da Justiça do Trabalho no Brasil. A primeira temporada conta ainda com mais uma edição, que será lançada no TST Tube na segunda-feira, 15 de julho. Todas as edições podem ser vistas e revistas no YouTube a qualquer hora. O programa também é exibido na programação da TV Justiça, às quartas-feiras, às 19h45, com reprises durante todos os dias da semana.

(RT/CRTV)

 

Fonte: Tribunal Superior do Trabalho

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP