Atualização das versões do SEI visa incorporar o SEI Julgar e otimizar tempo de processamento de feitos administrativos - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Atualização das versões do SEI visa incorporar o SEI Julgar e otimizar tempo de processamento de feitos administrativos

Jurídicas 13/07/2019
Atualização das versões do SEI visa incorporar o SEI Julgar e otimizar tempo de processamento de feitos administrativos
O Sistema Eletrônico de Informações (SEI) passará por atualizações para melhor atender a magistrados e servidores do Judiciário tocantinense. Na tarde desta sexta-feira (13/7), a equipe de Tecnologia da Informação, representada pelo analista judiciário Renê Dettenborn, apresentou as melhorias que a nova atualização irá gerar no sistema. O SEI passará da versão 2.6 para a 3.0, o que também concede acesso ao SEI Julgar.
O SEI Julgar é uma ferramenta que irá aperfeiçoar o tempo de processamento dos feitos administrativos desde o início, com a distribuição do feito para um dos membros do Conselho de Administração, até a sua conclusão, materializada na emissão e publicação da certidão de julgamento.
Para o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), Helvécio de Brito Maia Neto, isso é mais uma conquista que busca trazer melhorias para auxiliar no serviço da Justiça. “O TJ mais uma vez passa por um avanço tecnológico muito grande. Essa versão do SEI Julgar que virá é mais versátil e mostra que estamos avançando. É uma versão que irá auxiliar até mesmo nos julgamentos do Tribunal Pleno e das comissões do TJ”, destacou.
“Nós estamos muito felizes com essa apresentação. A grande preocupação que tínhamos era de ter que retirar vários módulos do sistema que são funcionalidades que estão em uso hoje. E a grande novidade que o pessoal de TI trouxe é que não teremos prejuízos para os usuários do sistema. É possível que em 2020 possamos virar a chave do e-Proc nacional e trazer junto o SEI Julgar”, ressaltou a chefe de gabinete, Glacielle Borges Torquato.
Texto: Sthefany Simão / Fotos: Abelson Ribeiro
Comunicação TJTO



Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP