Advogados recebem treinamentosobre Precatório Eletrônico - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Advogados recebem treinamentosobre Precatório Eletrônico

Jurídicas 13/07/2019
Advogados recebem treinamentosobre Precatório Eletrônico

Advogados recebem treinamentosobre Precatório Eletrônico

A Juíza de Direito Alessandra Bertoluci, Coordenadora da Central de Conciliação e Pagamento de Precatórios, participou da Capacitação do Precatório Eletrônico para Advogados, na manhã desta sexta-feira, 12/7, no auditório OAB/RS Cubo, em Porto Alegre.

O evento foi aberto pelo Presidente da Comissão de Direito da Tecnologia e Inovação da OAB/RS, Filipe Mallmann, e pelo Presidente da Comissão Especial de Precatórios, Telmo Schorr. Eles agradeceram a presença da equipe do Judiciário e a participação da magistrada no curso que também foi transmitido, ao vivo, via internet. Ambos enalteceram a novidade e afirmaram que a ferramenta é simples e traz muita agilidade ao trabalho do Advogado.

Servidores da TI do TJ, Juíza Alessandra Bertoluci,Advogados Filipe Mallmann, Telmo Schorr e Cesar Sulzbach(Fotos: Eduardo Nichele)

A Juíza Alessandra Bertoluci também elogiou a parceria com a OAB e a oportunidade de proporcionar o treinamento. A segurança jurídica e procedimental e a otimização dos procedimentos nos nortearam desde o início do nosso trabalho na Central de Precatórios, frisou a magistrada ao celebrar o avanço do precatório eletrônico como forma de também proporcionar transparência e celeridade processual.

Depois que ela explicou os detalhes sobre implantação do precatório eletrônico, a equipe da Direção de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJRS esclareceu o passo a passo para que os Advogados possam fazer o protocolo e o acompanhamento dos precatórios.

Treinamento ocorreu na OAB Cubo, na Capital,e também foi transmitido pela Internet

Inovação

O Projeto Precatório Eletrônico começou em maio de 2018, a partir da escolha do aproveitamento do sistema já existente - Prect - aliado ao eproc, o que possibilitou o desenvolvimento de um sistema com redução significa de custos financeiros e operacionais.

Utilizando os recursos da informática, o novo sistema elimina o tempo gasto com tarefas manuais e operacionais de processamento, como intimações, numeração de autos, juntadas de documentos e petições ao expediente.

EXPEDIENTETexto: Patrícia CavalheiroAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tj.rs.gov.br 

Publicação em 12/07/2019 17:29Esta notícia foi acessada 117 vezes.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do do Rio Grande do Sul

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP