Homem condenado por matar jovemno aeroporto de Porto Alegre - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Homem condenado por matar jovemno aeroporto de Porto Alegre

Jurídicas 19/07/2019
Homem condenado por matar jovemno aeroporto de Porto Alegre

Homem condenado por matar jovemno aeroporto de Porto Alegre

(Imagem meramente ilustrativa. Arte: Imprensa TJRS)

Na tarde de hoje, a Juíza Taís Culau de Barros, da 1ª Vara do Júri da Capital, sentenciou  Diego da Silva Severo, julgado pelo Tribunal do Júri: 26 anos de reclusão em regime fechado e 15 de dias multa. O regime de cumprimento é fechado e o réu não poderá apelar em liberdade.

Ele foi julgado por homicídio simples, tentativa de homicídio, corrupção de menor e receptação. O crime, ocorrido no dia 19/9/16, vitimou Marlon Rodão Sores, morto a tiros no Terminal 2 do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. A atitude do réu, na cena do crime, foi considerada pela magistrada como em total desconsideração e destemor com as regras de convivência, ante a atitude de ir até o local - público e monitorado por câmeras - objetivando executar a vítima.

Foram analisados os antecedentes, conduta do réu e suas condenações. A Juíza considerou também que a motivação para o crime não foi suficientemente esclarecida.  

O Fato

O acusado ingressou no saguão do Aeroporto Internacional Salgado Filho já observando a vítima e aguardando o momento certo para atacá-la. Após, quando Marlon ainda conversava com outras pessoas, Diego Severo passou a efetuar os disparos de arma de fogo à queima-roupa, sem chance de defesa para a vítima. O crime ocorreu pela manhã, em momento com diversas pessoas no terminal do aeroporto.

EXPEDIENTETexto: Fabiana FernandesAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tj.rs.gov.br 

Publicação em 18/07/2019 17:40Esta notícia foi acessada 154 vezes.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do do Rio Grande do Sul

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP