Estudantes de Ponte Alta do Tocantins participam do Projeto Justiça Cidadã - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Estudantes de Ponte Alta do Tocantins participam do Projeto Justiça Cidadã

Jurídicas 10/09/2019
Estudantes de Ponte Alta do Tocantins participam do Projeto Justiça Cidadã
Moradora da zona rural, a estudante Milca Barros da Silva, de 15 anos, conquistou o primeiro lugar no concurso de redação que teve como tema Justiça Cidadã. Ela contou que viaja todos os dias 75 km para freqüentar a escola e ficou muito feliz em vencer o concurso. “Sou filha de professora, e esse prêmio é um orgulho também para minha mãe”, ressaltou. As alunas Stephany Aparecida Pedro e Gabriela Batista Pereira ficaram, respectivamente, com o segundo e o terceiro lugares.
O Colégio Estadual Odolfo Soares foi a 9ª escola a receber as atividades do Projeto Justiça Cidadã, realizado nesta segunda-feira, dia 9, no município de Ponte Alta do Tocantins, localizado a 150 km de Palmas.
Juntamente com o juiz Jordan Jardim, diretor do Foro da Comarca de Ponte Alta, a juíza auxiliar da Presidência e o diretor geral do Tribunal de Justiça, Rosa Maria Gazire Rossi e Jonas Demóstenes Ramos, foram até a escola para entregar a premiação às alunas vencedores do concurso. 
As estudantes premiadas foram orientadas pelas professoras Niamara de Sousa Lopes e Rosimeire Moreira de Jesus. Todos receberam kits do projeto e certificados expedidos pela Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat).
O Colégio Estadual Odolfo Soares possui 572 alunos matriculados do 7º ano à 3ª série do ensino médio, além de curso técnico.
Palestras
A programação no Colégio Estadual Odolfo Soares teve início pela manhã com palestra da equipe do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), desenvolvido pela Polícia Militar na rede de ensino com o objetivo de prevenir e reduzir o uso de drogas e a violência. Outro assunto abordado com os alunos foi a Educação Digital. O investigador de polícia Odelino Oliveira Fonseca, especialista em crimes cibernéticos, orientou e aconselhou a comunidade escolar sobre como utilizar as redes sociais com responsabilidade.
A programação no período da tarde contou com uma roda de conversa sobre o tema Proteção à Criança e ao Adolescente, onde integrantes do Sistema de Justiça explicaram sobre a atuação de cada órgão e esclareceram dúvidas dos alunos.
Participaram da roda de conversa, representando o Judiciário, o juiz Jordan Jardim; a Defensoria Pública do Estado foi representada pela defensora pública Elisa Maria Pinto de Souza Falcão; o Ministério Público Estadual, pelo servidor Raimundo Soares; a OAB-TO, pelo  advogado Augusto César Borloletto; e a Polícia Civil, pelo investigador Odelino Oliveira Fonseca.  
O diretor do Colégio Odolfo Soares, Avelino Soares Barbosa, ressaltou que o Projeto Justiça Cidadã vem ao encontro ao trabalho que a escola já vem desenvolvendo junto à comunidade, onde um dos focos é trabalhar a conscientização dos direitos e deveres do aluno. “Quando se fala em Justiça, as pessoas já pensam que é problema e não é bem assim. Esse projeto é muito importante para diminuir esse distanciamento e mostrar qual é o papel da Justiça e o que ela pode fazer pelo cidadão”, destacou.
Texto: Mara Roberta
Fotos: Ednan Cavalcante
   

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP