Inclusão dos Indígenas e Justiça na Escola são alguns dos destaques do I Seminário da Cidadania do Tocantins nesta quarta (18/9), na Esmat - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Inclusão dos Indígenas e Justiça na Escola são alguns dos destaques do I Seminário da Cidadania do Tocantins nesta quarta (18/9), na Esmat

Jurídicas 18/09/2019
Inclusão dos Indígenas e Justiça na Escola são alguns dos destaques do I Seminário da Cidadania do Tocantins nesta quarta (18/9), na Esmat
A Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat) sedia nesta quarta-feira (18/9), a partir das 9 horas, o I Seminário da Cidadania do Tocantins, promovido pela Coordenadoria da Cidadania da Corregedoria Geral da Justiça e voltado para magistrados, servidores e população em geral. O objetivo é de, via diálogo, buscar a implementação de projetos e ações que gerem impactos positivos tanto na promoção de cidadania ativa quanto no enfrentamento de problemas sociais.
É com esse foco que o juiz Wellington Magalhães, titular da Comarca de Cristalândia, ministrará a palestra Inclusão dos Indígenas ao Sistema do Poder Judiciário, na sequência da palestra do juiz Gilson Coelho Valadares, titular do Juizado Especial Criminal e de Fazenda Pública, sobre a Coordenadoria da Cidadania.
Desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) e pós-graduada em Administração Municipal pela Escola Nacional de Serviços Urbanos (Ensur) e em Direito Civil e Comercial pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), vai abordar o tema Justiça na Escola.
A programação prevê ainda as palestras sobre o Programa Pai Presente, com o escrivão Reynaldo Borge Leal; Evasão Escolar, com juiz Carlos Eduardo Mattioli Kockanny; e Visão Sistêmica na Resolução de Conflitos, com o juiz Claúdio José Gomes Lopes.
Confira a programação aqui.
Texto: Marcelo Santos Cardoso
Comunicação TJTO

 

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP