Com foco na inclusão e acessibilidade, Judiciário abre credenciamento para tradutores e intérpretes de Libras - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Com foco na inclusão e acessibilidade, Judiciário abre credenciamento para tradutores e intérpretes de Libras

Jurídicas 01/11/2019
Com foco na inclusão e acessibilidade, Judiciário abre credenciamento para tradutores e intérpretes de Libras
Na perspectiva de assegurar e proporcionar acessibilidade às pessoas com deficiência, o Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO) abriu credenciamento de profissionais com certificação em Língua Brasileira de Sinais (Libras), para prestação de serviços de tradução e interpretação para o Judiciário.
A iniciativa obedece à Resolução nº 213 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que regulamenta a Audiência de Custódia em todo território nacional. Permite também ao Judiciário tocantinense a prestação de serviços de excelência nos atendimentos às pessoas com necessidades especiais de todas as comarcas e, no caso, dos cidadãos surdos-mudos.
Os tradutores e intérpretes de Libras atuam no Judiciário por demanda. No caso de ocorrer audiência com réu ou testemunha surda, muda ou surda-muda, o juiz solicita a participação de um profissional. Os interessados podem se inscrever pelo site do órgão.
Podem se credenciar pessoas físicas, profissionais com idade mínima de 18 anos, que comprovem certificação profissional em Prolibras - nível médio ou nível superior, em proficiência linguística Libras, licenciatura ou bacharelado em Letras: Libras, pós-graduação em Tradução e Interpretação em Libras.
O edital tem vigência de 60 meses, e a documentação deverá ser encaminhada pelos profissionais, por intermédio do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Em caso de dúvidas elas podem ser solucionadas pelo telefone (63) 3218-4386.
Confira mais informações no edital por meio do link.
Texto: Natália Rezende
Comunicação TJTO

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP