Finalizada Temporada de Júris da Comarca de Cristalândia - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Finalizada Temporada de Júris da Comarca de Cristalândia

Jurídicas 07/12/2019
Finalizada Temporada de Júris da Comarca de Cristalândia
A temporada do Tribunal do Júri da Comarca de Cristalândia de 2019 foi finalizada. Ao longo do ano foram realizados nove julgamentos e um foi transferido para 2020. Os julgamentos foram presididos pelo titular da Comarca, juiz Wellington Magalhães.
Foram realizados três julgamentos no mês de junho deste ano, sendo duas absolvições de réus que eram acusados pelas práticas de crimes de homicídio simples e qualificado e cometidos por motivo fútil; e uma decisão de extinção de punibilidade.
Em agosto, Conselho de Sentença reconheceu, por maioria de votos, a materialidade e a autoria do crime de tentativa de homicídio qualificado cometido por motivo fútil pelo acusado contra uma vítima, em dezembro de 2010. O Conselho decidiu condenar o réu e o magistrado dosou a pena em três anos de reclusão.
Em outubro, ocorrem três julgamentos. No dia nove, os jurados, por maioria dos votos, reconheceram a materialidade e a autoria do crime de tentativa de homicídio simples cometido pelo acusado contra as vítimas três vítimas em junho de 2009. O magistrado dosou a pena do réu em três anos de reclusão. Os outros dois julgamentos foram remarcados e serão incluídos na temporada de 2020.
Em novembro, foi o momento do julgamento de mais um réu, que foi condenado pelos jurados, com pena dosada pelo juiz em 15 anos de reclusão. O réu era acusado pelo homicídio qualificado, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, e posse irregular de arma de fogo.
E por fim, na última quarta (04/12), ocorreram os julgamentos de dois réus acusados da prática de homicídio, mas ambos foram absolvidos pelos jurados.
Confira os processos julgados:
Júri – 05/06/2019
Processo: 5000216-66.2011.827.2715
Júri – 12/06/2019
Processo: 0000270-10.2017.827.2715
Júri – 26/06/2019
Processo: 0000216-15.2015.827.2715
Júri – 28/08/2019
Processo: 5000211-44.2011.827.2715
Júri – 02/10/2019
(Júri cancelado e inclusão na Temporada de 2020).
Processo: 5000109-27.2008.827.2715.
Júri – 09/10/2019
Processo: 5000020-67.2009.827.2715
Júri – 30/10/2019
(Júri cancelado e inclusão na Temporada de 2020).
Processo: 0000396-94.2016.827.2715
Júri – 12/11/2019
Processo: 5000070-98.2006.827.2715
Júri – 04/12/2019
Processo: 5000717-49.2013.827.2715.
Texto: Natália Rezende / Divulgação
Comunicação TJTO

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP