Mãe também responderá por triplo homicídio na Zona Sul de POA - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Mãe também responderá por triplo homicídio na Zona Sul de POA

Jurídicas 21/02/2020
Mãe também responderá por triplo homicídio na Zona Sul de POA

Mãe também responderá por triplo homicídio na Zona Sul de POA

(Imagem meramente ilustrativa/Pixabay)

Na decisão, a magistrada negou o pedido de liberdade provisória de Dionathá. Quanto à mãe, negou o pedido de prisão preventiva por entender que não estão preenchidos os requisitos previstos na legislação penal (art. 312 CPC), aplicando medidas cautelares: não se afastar da Região Metropolitana sem autorização do juiz, comparecer em cartório, manter endereço atualizado.

Assim, os réus serão citados podendo apresentar - no prazo de 10 dias - arrolamento de testemunhas. Após, será seguido o rito processual de audiências para oitiva de testemunhas e interrogatório dos réus.

Atualmente, o processo encontra-se no gabinete da magistrada, que irá prestar informações ao Habeas Corpus impetrado junto ao TJRS, pela defesa. O processo não tramita mais em Segredo de Justiça, podendo ser acessado no sistema do site do TJRS.

O Fato

O crime ocorreu na tarde do dia 26/1, em uma briga de trânsito, na Estrada do Varejão, no bairro Lami, Zona Sul de Porto Alegre. O réu estaria irritado por ter tido o carro avariado e teria perseguido a família.

Fabiana da Silveira Innocente Silva (44 anos), seu esposo, Rafael Zanetti Silva (46 anos) e o filho do casal, Gabriel da Silveira Innocente Silva (20 anos) desceram do carro junto com Dionathá e sua mãe. Segundo a denúncia, em meio à discussão, Dionathá atirou, matando o casal e filho. Os pais morreram na hora e o filho chegou a ser atendido no Hospital Pronto Socorro, no entanto, não resistiu e também faleceu.

A namorada de Gabriel e o filho menor de idade do casal - que permaneceram dentro do carro - testemunharam a cena do crime. Após, Dionathá e sua mãe fugiram do local.

Processo 001/2.20.0004575-3

EXPEDIENTETexto: Fabiana FernandesAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tj.rs.gov.br 

Publicação em 20/02/2020 17:04Esta notícia foi acessada 125 vezes.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do do Rio Grande do Sul

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP