Pandemia Covid-19 - TJTO prorroga prazo para realização do teletrabalho até o próximo dia 7 de abril - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Pandemia Covid-19 - TJTO prorroga prazo para realização do teletrabalho até o próximo dia 7 de abril

Jurídicas 31/03/2020
Pandemia Covid-19 - TJTO prorroga prazo para realização do teletrabalho até o próximo dia 7 de abril
A ser publicada nesta terça-feira (31/4) e assinada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador Helvécio de Brito Maia Neto,  e pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador João Rigo Guimarães, a Portaria Conjunta Nº 7/2020 prorroga o regime de teletrabalho no Judiciário até o próximo dia 7 de abril. 
A determinação leva em conta, entre outras medidas, o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, e mantém as demais disposições das Portarias-Conjuntas nº 1, de 13 de março de 2020, e nº 2, de 23 de março de 2020.
Em linhas gerais, a primeira tratou da suspensão das sessões de julgamento administrativas e judiciais até esta terça-feira (31/3). Já a segunda, além de instituir o regime de teletrabalho, suspendeu as sessões presenciais e prazos de processos judiciais até 30 de abril próximo, no âmbito do Judiciário tocantinense. 
Cabe ressaltar que a prorrogação do prazo do teletrabalho pode ser alterado em razão do cenário ainda de incerteza provocado pela pandemia, como considera a própria portaria desta terça-feira, ao frisar que "o agravamento do quadro de saúde pública envolvendo o novo coronavírus (COVID-19), a demandar medidas temporárias e urgentes para atendimento de situações pontuais".
Horário Corrido
Vale destacar que a referida Portaria nº 2 estabeleceu, em virtude da pandemia, o horário de expediente em dias úteis, das 12 às 18 horas, que segue vigorando no âmbito do TJTO e das comarcas, até 30 de abril. 

Texto: Marcelo Santos Cardoso
Comunicação TJTO

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP