Com quadro de depressão, aluno de medicina no Ceará ganha na Justiça direito de estudar em Araguaína para se tratar ao lado da família - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Com quadro de depressão, aluno de medicina no Ceará ganha na Justiça direito de estudar em Araguaína para se tratar ao lado da família

Jurídicas 10/07/2020
Com quadro de depressão, aluno de medicina no Ceará ganha na Justiça direito de estudar em Araguaína para se tratar ao lado da família
Um estudante de medicina recorreu à Justiça para que pudesse transferir o curso de uma Instituição particular em Fortaleza, Ceará, para outra Instituição também privada em Araguaína-TO. O aluno apresentava um quadro grave de depressão e precisava se tratar, ao lado da família, a doença que se abateu após a morte do irmão em um acidente de carro. A sentença favorável à transferência foi proferida pelo juiz Marcelo Laurito Paro, no último dia 8 de julho. 
O estudante relata que mesmo depois da perda precoce do seu irmão, seus pais permitiram que fosse para cidade de Fortaleza-CE, onde passou a cursar medicina. E que, a partir daí, começou a apresentar sintomas graves de depressão, deixando se levar pela tristeza, sendo reprovado por faltas e tendo engordado 40 kg após a mudança de cidade. Inclusive os professores da instituição reportaram aos seus pais seu comportamento estranho e distante.
Por causa do seu abalado estado de saúde e na decorrente necessidade de permanecer próximo à família, ele solicitou a transferência do seu curso da faculdade de origem para a faculdade em Araguaína, ambas instituições de ensino privadas. 
O juiz, que atua no Núcleo de Apoio às Comarcas (Nacom), então determinou que a instituição de ensino receba o pedido de transferência do autor para o curso de Medicina ofertado e proceda a sua matrícula definitiva na universidade durante o período de duração do seu tratamento médico, observadas as disciplinas já cursadas e a compatibilidade com a grade curricular adotada pela ré.
Texto: Gabriela Almeida 
Comunicação TJTO

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP