Justiça Cidadã: Presidente do TJTO apresenta projeto do novo Fórum de Gurupi e inicia testes de videoconferência com presídio de Cariri - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Justiça Cidadã: Presidente do TJTO apresenta projeto do novo Fórum de Gurupi e inicia testes de videoconferência com presídio de Cariri

Jurídicas 20/11/2020
Justiça Cidadã: Presidente do TJTO apresenta projeto do novo Fórum de Gurupi e inicia testes de videoconferência com presídio de Cariri
A audiência pública do Projeto Justiça Cidadã de Gurupi, realizada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, na tarde desta sexta-feira (20/11), trouxe muitas novidades para a terceira maior unidade da Justiça do Estado. O sonho do novo fórum do local começou a virar realidade. Maia Neto anunciou a conclusão do processo licitatório para os projetos e já apresentou a proposta vencedora. Um prédio amplo, moderno e sustentável que deve começar a ser construído no primeiro semestre de 2021.
“Esse é um grande momento. Iniciamos efetivamente a realização deste sonho, que será uma obra grande, com duração prevista para dois anos, mas que, ao ser concluída, garantirá mais comodidade para juízes, servidores, integrantes do Sistema de Justiça e para o cidadão”, complementou o presidente do TJTO.
Também durante a audiência pública Maia Neto anunciou outro importante avanço, o início dos testes do sistema de videoconferência na Comarca de Gurupi, interligando o Fórum e o Presídio de Cariri. “Iniciamos hoje mais um grande avanço para o Poder Judiciário, utilizando o sistema Yealink, licitado pelo TJ. Teremos uma prévia do seu funcionamento e da sua potencialidade para o aprimoramento dos serviços da Justiça”, explicou.
Agradecimento e esforço
Ao abrir o evento, a diretora do Fórum juíza Edilene Pereira de Amorim Natário, agradeceu a atenção dada pela Presidência à unidade do Sul do Tocantins e ressaltou o esforço de todos para garantir qualidade nos serviços prestados. “Nesse momento todos estão fazendo o seu melhor para continuarmos atendendo bem o cidadão. Agradecemos ainda o empenho para iniciarmos os testes de videoconferência, fundamental na garantia da segurança nas audiências com réus presos, além de inúmeras outras vantagens”, afirmou a magistrada.
A audiência pública contou com a participação do defensor público-geral, Fábio Monteiro.   “Uma Justiça efetivamente cidadã é uma marca da sua gestão. O Judiciário do Tocantins traz muito orgulho para todos nós, integrantes do Sistema de Justiça. Temos segurança e tranquilidade para trabalhar”, destacou ao elogiar a gestão de Maia Neto. O promotor de Justiça Breno Simonassi, que também acompanhou o evento, afirmou: “Sou testemunha viva de como a Justiça do Tocantins é de fato cidadã, com magistrados atuantes e acessíveis”. Representando a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Tocantins (OAB-TO), o secretário adjunto Fernando Furlan ressaltou o importante diálogo do Tribunal com a advocacia.
Sistema de Videoconferência
Ao fim da audiência, as autoridades conheceram as instalações da sala de videoconferência e o funcionamento do sistema Yealink. O juiz Jordan Jardim, coordenador do Grupo de Monitoramento e Fiscalização Carcerária no Tocantins (GMF-TO), e o Secretário de Cidadania e Justiça, Héber Fidelis, acompanharam o início dos testes em Gurupi.
Em tempo real, o presidente do TJTO, Maia Neto, pôde conversar com Alexandre Francisco Alves, diretor da Unidade de Tratamento Penal de Cariri, e também com um dos reeducandos que cumprem pena na unidade. “Essa medida visa proteger você e o Estado, evitando deslocamentos. A partir de agora vocês serão ouvidos por videoconferência”, explicou Maia Neto para o detento.
“Cariri sempre foi nossa unidade com pior estrutura, com acesso de 7 km de estrada de chão, internet difícil e, com o sistema de videoconferência, você traz segurança, pois o preso não precisa sair da unidade, economizando combustível e evitando desgaste do veículo. Economia também para todos que atuam no Sistema de Justiça. Avanço que chega ao Estado por meio da parceria com o Tribunal de Justiça”, explicou o secretário de Estado Héber Fidelis.  
De acordo com o juiz Jordam Jardim, iniciar os testes em Gurupi será fundamental para que o sistema chegue a todo o Tocantins. “Avançou agora para Gurupi essa fase de teste, que foi um sucesso. A ideia é ampliar para todas as unidades e também para as salas de audiências e depoimento especial.”
Conversa franca e transparente
Ainda dentro da programação do Projeto Justiça Cidadã na Comarca de Gurupi, o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, se reuniu com os servidores da localidade em uma roda de conversa. De forma fraca e transparente, tratou de diversos assuntos referentes a demandas da unidade e aproveitou para destacar o trabalho dos servidores da comarca.  “Agradeço imensamente o elogio em relação ao nosso esforço na pandemia. Foi bastante desafiador e não medimos esforços para atender bem o cidadão”, frisou Fábia Soares Siriano, técnica judiciária.
Nádia Miranda de Amorim elogiou a gestão: “totalmente humanizada, preocupada com a saúde do servidor. Tenho depressão há 10 anos e me sinto muito acolhida. Fiquei muito feliz com a abertura do Napsi. A gente se sente valorizado e trabalha muito feliz”.
Já o servidor Igor Rodrigues destacou a implantação do Adicional de Qualificação (AQ). “Esperamos muito por isso. Sempre faço cursos de capacitação na Esmat e a efetivação do AQ foi uma grande valorização.”
Texto: Kézia Reis / Fotos: Rondinelli Ribeiro
Comunicação TJTO

















 

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP