Começa nesta segunda vistoria de equipe do Ministério Público em brinquedos do Hopi Hari - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Começa nesta segunda vistoria de equipe do Ministério Público em brinquedos do Hopi Hari

Jurídicas 04/03/2012
Começa nesta segunda vistoria de equipe  do Ministério Público em brinquedos do Hopi Hari

Uma equipe chefiada pelo Ministério Público de São Paulo -  e que conta com representantes do IC (Instituto de Criminalística), Corpo de Bombeiros e Crea (Conselho de Engenharia e Arquitetura) - começa a trabalhar, nesta segunda-feira (5), no Hopi Hari. O grupo fará uma série de perícias e análises no parque de diversões em Vinhedo,  a 79 km de São Paulo.

 
A ação faz parte do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), assinado na quinta-feira (1º) pela promotora Ana Beatriz Sampaio Silva Vieira e por representantes do parque. A assinatura do TAC ocorreu no Fórum de Vinhedo uma semana após uma adolescente de 14 anos morrer ao cair de uma altura de cerca de 25 m quando estava no brinquedo.
 
O parque ficará fechado por dez dias, contados desde a última sexta-feira (2). Mas caso o MP julgue necessário, o fechamento poderá ser prorrogado por mais dez dias. o brinquedo La Tour Eiffel ficará fechado por prazo indeterminado, até que o parque apresente um plano de incremento da segurança para a atração com itens como sinalização sonora que comprove que todas as travas estão fechadas antes de o brinquedo começar a funcionar.
 
Durante coletiva após a assinatura do TAC, a promotora Ana Beatriz  chegou a afirmar que a cadeira do brinquedo La Tour Eiffel, do parque Hopi Hari, nunca mais será usada.
 
- Jamais deveria ter sido usada [a cadeira em que a adolescente estava] e o parque falhou quando não mostrou que esse assento não poderia estar funcionando
 
O Ministério Público informou que, caso o Hopi Hari descumpra qualquer um dos termos do TAC será multado em R$ 95 mil diários. A promotora Ana Beatriz disse que pretende também abrir uma ação indenizatória contra o parque por ferir os direitos do consumidor
Segundo acidente da história
 
Ainda de acordo com a promotora Ana Beatriz, a empresa fabricante do brinquedo La Tour Eiffel, a suíça Itamin, tem 40 equipamentos iguais ao do Hopi Hari em parques temáticos espalhados pelo mundo. O primeiro acidente que envolveu um desses equipamentos aconteceu em 1999 nos Estados Unidos. Por causa desse acidente, a empresa decidiu incrementar o brinquedo com cintos de segurança. A morte da adolescente Gabriela Mishimura é o segundo acidente da história do brinquedo no mundo.
 
Fonte: R7

Fonte: R7

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP