Adolescentes tiram Carteira de Trabalho durante mutirão promovido pelo Juizado da Infância e da Juventude - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Adolescentes tiram Carteira de Trabalho durante mutirão promovido pelo Juizado da Infância e da Juventude

Jurídicas 14/11/2018
Adolescentes tiram Carteira de Trabalho durante mutirão promovido pelo Juizado da Infância e da Juventude

O juizado da Infância e Juventude de Goiânia, sob direção da juíza Stefane Fiúza Cançado, realizou, na sexta-feira (9), mutirão comunitário no Centro de Internação Provisória (CIP), no Jardim Europa, para emissão de carteira de trabalho para os adolescentes que cumprem medida socioeducativa e semiliberdade. 

A ação foi  uma iniciativa do Juizado da Infância e Juventude de Goiânia,  em parceria com a Secretaria Cidadã, a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho e com o Instituto de Identificação da Polícia Civil do Estado de Goiás. Atualmente, o CIP conta com 54 adolescentes e, na ocasião, 19 puderam ter acesso aos documentos. 

Um dos adolescentes aprovou a iniciativa. “Para mim, foi uma oportunidade muito boa, e minha expectativa agora é trabalhar e ter minha carteira de trabalho assinada o mais rápido possível, ter o meu primeiro emprego e poder me ressocializar na sociedade”, declarou o garoto de 15 anos.

A juíza Stefane Fiúza afirma que para a inserção do adolescente no mercado de trabalho é necessário que ele tenha os documentos básicos como RG, CPF e Carteira de Trabalho. “Os adolescentes que receberem progressão, ao voltarem para a sociedade, precisam dos documentos para conseguir um emprego. Assim como para fazerem cursos profissionalizantes”, afirmou

"É importante que o jovem que passa por esse sistema reeducativo já saia daqui com a carteira na mão para que encontre no mercado de trabalho uma vaga de emprego”, afirma o supervisor Leonardo José de Paula. (Texto: Lara Beatriz – Estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO)

Tweet

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP