Preços de imóveis em 11 cidades caem em fevereiro - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Preços de imóveis em 11 cidades caem em fevereiro

Negócios 03/03/2016

 São Paulo - Em fevereiro, o preço dos imóveis caiu em 11 das 20 cidades brasileiras acompanhadas pelo índice FipeZap. As maiores quedas foram registradas em Niterói (-0,79%), Santos (-0,50%) e Salvador (-0,46%). Os preços também caíram no Rio de Janeiro, Distrito Federal, Fortaleza, Recife, Porto Alegre, Curitiba, Vitória e em Campinas.

Em quase todas as cidades a variação de preço foi menor do que a estimativa da inflação para o mês, de 0,95%. Na média, os preços dos imóveis ficaram praticamente estáveis em fevereiro e registraram leve queda de 0,05% se comparados ao mês anterior.

Reajustes abaixo da inflação

Enquanto a valorização dos imóveis foi de 0,64% nos últimos 12 meses encerrados em fevereiro (menor variação já registrada desde o início da série histórica, em 2008), a inflação, medida pelo IPCA, deve encerrar o período com aumento de 10,41%, de acordo com o Boletim Focus do Banco Central. Ou seja, ao considerar o efeito da inflação, o índice mostra que os imóveis tiveram queda real de preço de 8,55% no período.

A queda real acontece quando o aumento nos preços de um determinado bem ou produto, como é o caso dos imóveis, registra uma alta inferior ao aumento generalizado de preços, medido por índices inflacionários, como o IPCA. Vale ressaltar que a variação real não é a simples diferença entre o preço dos imóveis e a inflação. Para realizar esse cálculo é preciso dividir a variação dos preços pela variação inflação.

Todas as cidades que compõem o índice registraram variações de preços inferiores à inflação nessa mesma base de comparação. Em Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro, Recife, Niterói e no Distrito Federal, os preços registraram queda nominal no período.

As demais cidades incluídas no índice tiveram aumentos de preços abaixo da inflação estimada para o período (1,06%). A exceção foi Florianópolis, na qual os preços subiram 0,96% em fevereiro.

Veja a matéria sobre as tendências para o mercado imobiliário brasileiro em 2016.

Rio e São Paulo têm metro quadrado mais caro

O preço médio do metro quadrado dos imóveis nas 20 cidades do índice FipeZap encerrou fevereiro em 7.609 reais. Rio de Janeiro e São Paulo continuaram a liderar a lista do metro quadrado mais caro. No Rio, o preço médio do metro quadrado terminou o mês a 10.390 reais. Já o valor do metro quadrado em São Paulo atingiu 8.616 reais em janeiro.

Goiânia e Contagem foram as cidades que registraram o preço mais baixo do metro quadrado em fevereiro. Em Goiânia, o valor médio ficou em 4.224 reais e, em Contagem, 3.551 reais.

Veja na tabela a seguir a variação dos preços dos imóveis à venda nas 20 cidades acompanhadas pelo índice FipeZap em fevereiro, janeiro de 2015 e nos últimos doze meses. A lista foi ordenada da maior para a menor variação no segundo mês do ano.

Fonte: Exame

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP