10 notícias para lidar com os mercados nesta quinta-feira - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

10 notícias para lidar com os mercados nesta quinta-feira

Negócios 27/09/2012

 

1- Vale prevê minério de ferro em entre US$ 100 e US$ 120. A Vale prevê que o preço do minério de ferro ficará por enquanto entre 100 e 120 dólares a tonelada e a mineradora manterá seus planos de expansão, disse nesta quinta-feira um alto executivo da companhia. A mineradora prevê que a produção chinesa de aço crescerá de 3 a 5 por cento em 2013 e afirmou não se preocupar com o preço da commodity. 
 
2- Crédito no sistema financeiro brasileiro cresce 1,2%. O crédito disponível no sistema financeiro brasileiro cresceu 1,2% em agosto com relação ao mês anterior, com o estoque total - compreendidas as operações com recursos livres e direcionados - atingindo R$ 2,211 bilhões. O valor é equivalente a 51% do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com o Banco Central. A soma, ainda representa aumento de 17% com relação a agosto do ano passado.
 
3- Desemprego na Alemanha sobe pelo 6º mês seguido. O desemprego na Alemanha subiu pelo sexto mês seguido em setembro, sugerindo que a demanda doméstica pode não ser capaz de compensar a fraqueza das exportações em meio à crise da zona do euro e impulsionar o crescimento na principal economia do bloco. O desemprego, perto do menor nível desde a reunificação, há mais de duas décadas, ficou estável em 6,8 por cento, contrastando com o mercado de trabalho ruim em muitos outros países, incluindo França e Espanha. 
 
4- Bolsas da Ásia se recuperam com a forte alta em Xangai. Os mercados asiáticos fecharam no campo positivo nesta quinta-feira, após os fracos resultados da véspera. O bom desempenho da Bolsa de Xangai alavancou os mercados da região. Os investidores, contudo, mantiveram os temores sobre a crise da dívida da zona do euro.
 
5- 3 fatos que emperram a recuperação dos mercados. As bolsas em todo o mundo têm se aproveitado nas últimas semanas da maior atuação dos bancos centrais em sua cruzada contra o baixo crescimento econômico e as altas taxas de desemprego. Primeiro, o Banco Central Europeu e, depois, o Federal Reserve.Até agora, contudo, os indicadores não têm mostrado a recuperação esperada ou a vista nos preços dos ativos de risco ao redor do globo.Em um relatório publicado nesta semana, o conselheiro para investimentos da maior gestora de recursos do mundo afirma que há três pré-condições para um período de alta sustentável da bolsa. 
 
6- As ações que ainda valem a pena no setor de energia elétrica. Quase um mês após o início da grande queda histórica das empresas do setor de energia elétrica na BM&FBovespa, já é possível separar as que irão se sair bem com as novas regras para renovação de concessões, das que ainda têm pela frente um cenário muito desafiador. Após o choque, os analistas continuam a apostar em algumas delas, com destaque para a transmissora Taesa, a geradora Tractebel e as distribuidoras CPFL e Coelce. 
 
7- IGP-M desacelera alta para 0,97% em setembro, diz FGV. O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou para uma alta de 0,97 por cento em setembro ante elevação de 1,43 por cento em agosto, com destaque para a desaceleração nos preços dos produtos agropecuários no atacado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira.
 
8- Economia britânica encolhe menos que o estimado no 2º tri. A economia britânica encolheu menos do que o estimado anteriormente no segundo trimestre, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, dando uma base um pouco melhor para a esperada recuperação modesta nos próximos meses.O Produto Interno Bruto (PIB) britânico caiu 0,4 por cento nos três meses entre abril e junho na comparação com o trimestre anterior. Ante o segundo trimestre de 2011, houve queda de 0,5 por cento.
 
9- Governo esconde estímulo fiscal fora da meta a critica QE3. O governo está escondendo um aumento nos gastos públicos ao retirar das contas da meta fiscal empréstimos a bancos estatais ao mesmo tempo em que conta com dividendos recordes para cumprir o superávit primário. “É uma piada o que está sendo feito com a política fiscal do país”, disse Alexandre Schwartsman, ex-diretor do Banco Central que fundou sua própria consultoria, a Schwartsman e Associados, na terça-feira em entrevista por telefone de São Paulo. “É um insulto à inteligência de todos os economistas do país.”
 
10- Iochpe é a mais cara das Américas com apoio à autoindústria. A Iochpe-Maxion SA está em alta há dois meses, o que fez dela a mais cara do setor de autopeças nas Américas. Para analistas, ainda há espaço para o papel subir com a venda recorde de automóveis em reação aos estímulos do governo.A Iochpe acumula alta de 14 por cento desde meados de julho e deve provavelmente subir outros 24 por cento nos próximos 12 meses, de acordo com estimativa média de 16 analistas ouvidos pela Bloomberg.
 
Fonte: Exame

Fonte: exame

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP