TJRS recebe homenagem da Câmara Municipal de Porto Alegre pelo aniversário de 145 anos - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

TJRS recebe homenagem da Câmara Municipal de Porto Alegre pelo aniversário de 145 anos

Jurídicas 23/10/2019
TJRS recebe homenagem da Câmara Municipal de Porto Alegre pelo aniversário de 145 anos

TJRS recebe homenagem da Câmara Municipal de Porto Alegre pelo aniversário de 145 anos

Desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro recebeu quadroalusivo à data das mãos do Vereador Professor Wambert(Foto: Eduardo Nichele)

A Câmara Municipal de Porto Alegre promoveu Sessão Solene, nesta terça-feira (22/10), para homenagear o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul pelo aniversário de 145 anos. A proposição foi uma iniciativa do Vereador Professor Wambert (PROS). O Presidente do TJRS, Desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, manifestou-se da tribuna, agradecendo a homenagem. A Sessão foi presidida pelo Vereador João Carlos Nedel (PP). O Vereador Wambert Di Lorenzo, que é Advogado e Professor de diversas disciplinas de Direito em diferentes universidades, destacou a importância da Justiça na sociedade e o destaque obtido pelo Poder Judiciário do Rio Grande do Sul ao longo de sua trajetória, graças ao trabalho dos Magistrados e servidores. De acordo com ele, com base no Relatório Justiça em Números, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o TJRS é o mais "exitoso" do país. Há 11 anos, o Tribunal de Justiça do RS lidera o ranking do CNJ como o mais eficiente e produtivo entre os TJs de grande porte.

O Vereador Wambert citou também avanços mais recentes do TJ como a implantação do processo eletrônico, transmissão de júri por TV e Internet e procedimentos de transparência. Ele alertou que a Lei de Abuso de Autoridade representa uma ameaça para a atividade jurisdicional.

O Presidente do TJ, Desembargador Carlos Duro, recuperou, em seu pronunciamento, parte da história do Tribunal gaúcho, criado em 1874 e com jurisdição que abrangia Santa Catarina. Rememorou a primeira formação da Corte, que teve sete desembargadores, sob a presidência do Des. João Batista Gonçalves Campos.

O Magistrado disse que o TJ sempre buscou inovar e oferecer uma prestação jurisdicional célere e eficiente, mesmo em tempo de quadro funcional reduzido, como atualmente, a 2/3 da força de trabalho. Conforme o Desembargador Duro, a Lei de Abuso de autoridade preocupa, de fato, todos os operadores do Direito por conter normas abstratas e conceitos amplos que podem tolher a atividade dos operadores. Ao final de sua manifestação, agradeceu a homenagem, o quadro e o diploma recebidos da Câmara Municipal.

Antes de encerrar a Sessão, o Vereador Nedel disse ter certeza de que o TJRS será bem-sucedido no futuro, como foi no passado e é no presente.

Compuseram a mesa dos trabalhos, além do Vereador proponente, do Desembargador Duro e do Vereador Nedel, o Secretário-chefe da Casa Civil Adjunto do Governo do Estado, Bruno Pinto de Freitas; o Presidente do Tribunal de Justiça Militar, Coronel Paulo Roberto Mendes Rodrigues; o General de Divisão Riyuzo Ikeda, do Comando Militar do Sul; a Subdefensora Pública-Geral do Estado para Assuntos Institucionais, Liseane Hartmann; e a Secretária-geral adjunta da OAB/RS, Fabiana Azevedo da Cunha Barth.

Pela Administração do Tribunal de Justiça estiveram presentes à Sessão a 1ª Vice-Presidente, Desembargadora Maria Isabel de Azevedo Souza; o 3º Vice-Presidente, Desembargador Túlio Martins; e a Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Denise Oliveira Cezar.

Também prestigiaram a Sessão os Desembargadores Francisco José Moesch e Voltaire de Lima Moraes; a Presidente da AJURIS, Desembargadora Vera Deboni; o Diretor do Foro da Comarca de Porto Alegre, Juiz de Direito Amadeo Henrique Ramella Butelli; a Juíza de Direito Tatiana Elizabeth Michel Scalabrin Di Lorenzo; a Vereadora Comandante Nádia; o Vice-Presidente do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil, João Pedro Lamana Paiva; e o Presidente da Associação dos Juristas Católicos,Thiago Roberto Sarmento Leite; entre outras autoridades e convidados.

EXPEDIENTETexto: Carlos Alberto Machado de SouzaAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tj.rs.gov.br 

Publicação em 22/10/2019 21:15Esta notícia foi acessada 42 vezes.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do do Rio Grande do Sul

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP