Servidores do TJTO ganham mais uma oportunidade de fazer o Curso de Nivelamento através do site do CNJ - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Servidores do TJTO ganham mais uma oportunidade de fazer o Curso de Nivelamento através do site do CNJ

Jurídicas 14/08/2020
Servidores do TJTO ganham mais uma oportunidade de fazer o Curso de Nivelamento através do site do CNJ
Os servidores do Judiciário tocantinense que não fizeram o Curso de Nivelamento, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2019, ganharam nova oportunidade de realizá-lo agora em 2020. Já abertas, as inscrições poderão ser feitas no site do CNJ através (confira link abaixo).
Disponível no ambiente virtual de aprendizagem do CNJ, o curso visa proporcionar noções de gestão de pessoas e de gestão estratégica com enfoque no planejamento das Metas Nacionais, construídas em conjunto por meio da Rede de Governança Colaborativa. 
A capacitação está dividida em seis módulos: O Poder Judiciário e o Conselho Nacional de Justiça; Gestão de Pessoas; Conhecimentos Gerais sobre Gestão Estratégica e Estratégia Nacional; Indicadores do Sistema de Estatística do Poder Judiciário; Sustentabilidade no Poder Judiciário e Tabelas Processuais Unificadas. O curso é na modalidade a distância e pode ser feito totalmente online e de forma rápida. O participante contribui com pontuação para o Prêmio CNJ de Qualidade, contanto que conclua a capacitação até o próximo mês de agosto. 
A iniciativa é do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário (Ceajud), do CNJ. “No curso, os servidores serão expostos aos indicadores do sistema de estatística do Judiciário e identificarão como as informações prestadas pelos tribunais ao CNJ são importantes e fazem parte da construção das políticas públicas propostas pelo Conselho. Os alunos conhecerão ainda as Tabelas Processuais Unificadas e como elas facilitam o trabalho dos advogados, o acompanhamento processual pelas partes, o levantamento estatístico dos dados, bem como a própria gestão do sistema”, destaca Diogo Albuquerque, chefe da Ceajud.
Prêmio CNJ de Qualidade

A participação no curso foi incluída como um dos critérios de pontuação para o Prêmio CNJ de Qualidade, lançado em maio pelo CNJ, na 1ª Reunião Preparatória do XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário. Podendo contabilizar até 40 pontos na premiação, segundo as regras detalhadas na Portaria 88/2019.
A premiação visa identificar, avaliar e reconhecer o trabalho dos tribunais brasileiros em três eixos: Governança, Produtividade e Transparência e Informação. O prêmio é um estímulo para os segmentos do Poder Judiciário buscarem excelência na gestão e no planejamento de suas atividades; na organização administrativa e judiciária; e na sistematização e disseminação das informações e da produtividade.
Link para a inscrição https://bit.ly/3aj1fEk

Comunicação TJTO (Com informações da Agência de Notícias CNJ)

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP