Júri de padrasto: Réu começou a prestar depoimento esta manhã - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Júri de padrasto: Réu começou a prestar depoimento esta manhã

Jurídicas 21/07/2017
Júri de padrasto: Réu começou a prestar depoimento esta manhã

Júri de padrasto: Réu começou a prestar depoimento esta manhã

O julgamento de Luiz Otávio Baptista da Silva, acusado de matar o enteado, Diogo Flores Nascente, de 3 anos, foi retomado esta manhã, 20/7, na 1ª Vara do Júri, em Porto Alegre.

A sessão foi interrompida para o almoço, durante o interrogatório do réu. Ele estava respondendo aos questionamentos do Ministério Público e negou ter espancado o menino. Ele foi denunciado por homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.

Juíza Taís Culau de Barros (C)preside a sessão do Tribunal do Júri(Foto: Eduardo Nichele)

Segundo a versão de Luiz Otávio da Silva, o menino caiu no banheiro, enquanto ele tinha ido buscar a toalha para secar Diogo. "Ele tinha feito xixi e cocô na cama e botei ele no banho. A gente já estava atrasado pra ir pra creche e pro meu trabalho. Quando estava na cozinha passando um café ouvi um barulho e voltei no banheiro, daí, vi ele caído e a cortina caída. Botei roupa nele e vi que ele ficou mole e tava gelado. Saí de carro com ele, passei na loja pra pegar a minha mãe fui pro HPS", narrou o acusado.

Ao ser questionado pelos promotores de justiça sobre relatos de que o menino era agredido, conforme teriam contado professoras da creche que ele frequentava, Luiz Otávio disse que nunca bateu ou gritou com o enteado.

Ontem, foram ouvidas cinco testemunhas de acusação. Entre elas, dois médicos que atenderam Diogo no HPS e a avó paterna da vítima. Pela defesa do réu, falaram a mãe de Diogo, que continua visitando o acusado na cadeia, e a mãe dele.

O interrogatório de Luiz Otávio da Silva irá prosseguir à tarde e, logo depois, começarão os debates entre acusação e defesa. A previsão é de que a sentença seja anunciada ainda hoje.

EXPEDIENTETexto: Patrícia CavalheiroAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tj.rs.gov.br 

Publicação em 20/07/2017 15:17Esta notícia foi acessada 328 vezes.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do do Rio Grande do Sul

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP