Parceria Solidária - TJTO e MPTO arrecadam R$ 34,9 mil em abril, valor que dará para adquirir cerca de 370 cestas básicas a famílias carentes - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Parceria Solidária - TJTO e MPTO arrecadam R$ 34,9 mil em abril, valor que dará para adquirir cerca de 370 cestas básicas a famílias carentes

Jurídicas 23/05/2021
Parceria Solidária - TJTO e MPTO arrecadam R$ 34,9 mil em abril, valor que dará para adquirir cerca de 370 cestas básicas a famílias carentes
Nessa terça-feira, 11, durante reunião virtual do Comitê Gestor Interinstitucional do Programa Parceria Solidária, que é presidido pelo juiz aposentado Luís Otávio de Queiroz Fraz, representante da Associação dos Magistrados do Estado de Tocantins (Asmeto), foi apresentado o balanço parcial das doações obtidas pelo TJTO e pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO) no mês de abril.
Conforme os dados divulgados pelo coordenador do Comitê e diretor de Gestão de Pessoas do TJTO, Antônio Rezende, no período referido foi arrecadado o valor de R$ 34.992,46, que dará para fazer a aquisição de cerca de 370 cestas básicas para famílias carentes. Nesta primeira etapa, a distribuição dos alimentos será feita na Capital e nas próximas etapas no interior do estado.
Participaram da reunião representantes do TJTO, do MPTO, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), da Defensoria Pública do Estado (DPE), além de membros de instituições apoiadoras do programa.
Para doar
Magistrados e servidores efetivos, comissionados e cedidos do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) que desejam aderir ao Programa Parceria Solidária e doar nos meses de maio e junho tem o prazo máximo para realizarem seus cadastros até às 23h59 do próximo dia 23 deste mês (domingo). Formalizada a doação dentro do prazo, o valor doado será repetido na folha de pagamento de junho próximo.
Quem desejar exercer sua solidariedade é só acessar o Portal Egesp https://gestaodepessoas.tjto.jus.br/portal/servidor/inicio, clicar na aba "Doação Aux. Alimentação TJTO", no valor que deseja doar e, na sequência, em "Cadastrar Doação. Os valores começam a partir de R$ 85,00 e podem chegar a até 100% do Auxílio Alimentação.
A iniciativa resultará na compra de cestas básicas a serem distribuídas para famílias carentes de Palmas e do interior, as mais afetadas pela pandemia que assola o Tocantins, o Brasil e o mundo.
Presenças
Além dos citados acima, também estiveram presentes na reunião virtual a defensora pública da Defensoria Pública do Estado (DPE) Irisneide Ferreira; o chefe do Departamento de Gestão de Pessoas e Folha de Pagamento do Ministério Público do Tocantins (MPTO), Francisco das Chagas dos Santos; o chefe de gabinete da presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Marcelo Olímpio Carneiro Tavares; o presidente da Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP), Pedro Evandro de Vicente Rufato; a presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Tocantins (Sindojus-TO), Luana Gonçalves Rodrigues de Sá; e a representante do Sindicato dos Serventuários e Servidores da Justiça do Tocantins (Sinsjusto), Eliane Barbosa.
Representando o TJTO estiveram presentes a chefe de gabinete da Presidência, Kênia Cristina de Oliveira; o diretor do Centro de Comunicação, Tião Pinheiro; o assessor militar, coronel PM João Márcio Costa Miranda; o diretor administrativo, Ronilson Pereira da Silva; e a servidora Leila Jardim.
 Parceria Solidária
O Programa Parceria Solidária teve início em abril de 2020, por meio de uma cooperação entre o TJTO e o MPTO. Nesta edição, o TCE e a DPE também aderiram à ação.
No ano passado, a Parceria Solidária envolvendo o TJTO e o MPTO arrecadou cerca de R$ 85 mil que resultaram na compra de mais de 1.300 cestas básicas, ao passo que no final da campanha os números chegaram a R$ 268.830,18, com 3.534 cestas básicas distribuídas (42 toneladas de alimentos) e mais de 10 mil pessoas beneficiadas.
Apoiadores
São apoiadores do Programa Parceria Solidária as seguintes instituições: Associação dos Magistrados do Estado de Tocantins (Asmeto), Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (ASTJ), Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Tocantins (Sinsjusto), Sindicato dos Oficiais de Justiça do Tocantins (Sindojus-TO), Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP), Associação dos Servidores Administrativos do Ministério Público (Asamp), Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (Sinstec), Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado (Astec), Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Estado do Tocantins (Adpeto), Sindicato dos Servidores da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (Sisdep).
Texto: Jesuino Santana Jr.
Comunicação TJTO


Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP